Cabelos caindo? Saiba como fazer o tratamento para queda de cabelos

Cabelos caindo? Saiba como fazer o tratamento para queda de cabelos.

Toda pessoa pode sentir pânico ao ver os cabelos caindo. A queda de cabelo é um problema que afeta muitas pessoas, tanto homens quanto mulheres, e pode ter diversas causas, desde genéticas, hormonais, nutricionais até emocionais. 

A queda de cabelo em mulheres pode gerar baixa autoestima, ansiedade e insatisfação com a aparência, por isso é importante buscar formas de prevenir e tratar esse problema. Por isso, neste artigo, vamos te explicar as principais causas de queda de cabelo, como avaliar o seu tipo de queda, quais são os tratamentos de rotina que você pode fazer em casa e se a queda de cabelo tem solução. 

Confira!

Cabelos caindo? Saiba como fazer o tratamento para queda de cabelos.
Cabelos caindo? Saiba como fazer o tratamento para queda de cabelos.

Conheça as principais causas de queda de cabelo 

A queda de cabelo pode ter várias origens, que podem ser classificadas em internas ou externas. As causas internas são aquelas relacionadas ao organismo da pessoa, como:

 

Hereditariedade 

A calvície ou alopecia androgenética é uma condição genética que afeta principalmente os homens, mas também pode atingir as mulheres. Ela se caracteriza pela diminuição progressiva dos fios na região frontal, superior e posterior da cabeça, devido à ação do hormônio di-hidrotestosterona (DHT) sobre os folículos capilares.

 

Alterações hormonais 

A queda de cabelo em mulheres pode ter origem nas mudanças nos níveis de hormônios que podem afetar o ciclo de crescimento dos fios, causando a queda. Isso pode acontecer na gravidez, no pós-parto, na menopausa, no hipotireoidismo, no hipertireoidismo, na síndrome dos ovários policísticos e no uso de anticoncepcionais ou reposição hormonal.

 

Deficiências nutricionais 

A falta de nutrientes essenciais para a saúde dos cabelos, como proteínas, ferro, zinco, vitaminas do complexo B e biotina, pode levar à queda dos fios.

 

Doenças 

Os cabelos caindo podem, muitas vezes, significar a presença de algumas, como infecções bacterianas ou fúngicas do couro cabeludo, lúpus, artrite reumatoide, psoríase, dermatite seborreica e anemia 4. Além disso, algumas doenças crônicas ou autoimunes podem causar a alopecia areata, que é uma condição em que o sistema imunológico ataca os folículos capilares, causando a perda de cabelo em áreas circulares.

 

Medicamentos 

Alguns remédios podem ter como efeito colateral a queda de cabelo, como os usados para tratar o câncer (quimioterapia e radioterapia), a pressão alta (betabloqueadores), o colesterol alto (estatinas), a depressão (antidepressivos), a artrite (metotrexato) e a gota (alopurinol). 

 

Causas externas 

As causas externas são aquelas relacionadas ao ambiente ou aos hábitos da pessoa, como:

 

Como avaliar o seu tipo de queda de cabelo? 

Ao perceber os cabelos caindo, é importante avaliar qual é o tipo de queda que está ocorrendo e observar alguns aspectos, como:

 

Para confirmar o diagnóstico e identificar a causa da queda de cabelo, é recomendado consultar um dermatologista, que poderá avaliar o histórico clínico e familiar do paciente, examinar o couro cabeludo e os fios e solicitar exames complementares, como análise dos fios (tricograma), biópsia do couro cabeludo ou exames de sangue.

 

Veja algumas dicas de tratamentos de rotina para amenizar a queda de cabelo 

Existem alguns cuidados que você pode ter no seu dia a dia para prevenir o estresse de assistir os seus cabelos caindo e amenizar a queda. Veja algumas dicas:

  • Lave os cabelos com frequência adequada: não lave os cabelos todos os dias nem deixe-os sujos por muito tempo. O ideal é lavar os cabelos duas ou três vezes por semana, com água morna ou fria e com um shampoo adequado ao seu tipo de cabelo. 
  • Hidrate os fios regularmente: faça hidratações semanais ou quinzenais com máscaras capilares que contenham ingredientes nutritivos e reparadores, como queratina, ceramidas, óleos vegetais e vitaminas. 
  • Evite tratamentos químicos e agressões térmicas: reduza o uso de produtos químicos para alisar, tingir ou descolorir os cabelos e evite usar secador, chapinha ou babyliss em excesso. Se for usar esses aparelhos, aplique antes um protetor térmico nos fios. 
  • Evite penteados que puxam os fios: prefira penteados mais soltos e confortáveis para os cabelos e evite usar elásticos muito apertados ou grampos que possam quebrar os fios. 
  • Massageie o couro cabeludo: faça massagens suaves no couro cabeludo com as pontas dos dedos durante a lavagem dos cabelos ou antes de dormir. Isso ajuda a estimular a circulação sanguínea e a oxigenação dos folículos capilares. 
  • Use produtos adequados ao seu tipo de cabelo: escolha produtos que sejam compatíveis com as características do seu cabelo, como oleosidade, porosidade, espessura e curvatura. Isso ajuda a manter os fios limpos, hidratados e nutridos, evitando a queda.  
  • Consulte um especialista: se você perceber que a sua queda de cabelo está persistente, intensa ou incomum, procure um médico dermatologista para fazer uma avaliação e um tratamento adequado. Ele poderá indicar medicamentos, loções, suplementos ou procedimentos que possam combater a causa da queda e estimular o crescimento dos fios.

 

A queda de cabelo tem solução? 

A resposta para essa pergunta depende da causa e do tipo da queda de cabelo. Em alguns casos, ao ver os cabelos caindo, é ideal procurar um especialista para avaliar se a situação pode ser revertida ou controlada com tratamentos clínicos ou caseiros. Em outros casos, a queda de cabelo pode ser irreversível ou progressiva, exigindo soluções mais definitivas.

Os tratamentos clínicos para a queda de cabelo podem incluir:

 

Medicamentos orais ou tópicos 

Existem remédios que podem ser usados para tratar a causa da queda de cabelo, evitar a quebra ou para estimular o crescimento dos fios.

Alguns exemplos são o minoxidil, a finasterida, a espironolactona e a ciproterona. Esses medicamentos devem ser prescritos por um médico e usados com cautela, pois podem ter efeitos colaterais ou contra indicações.

 

Injeções de corticoides 

Esse é um tratamento usado para casos de alopecia areata, que consiste em aplicar injeções de corticoides diretamente nas áreas afetadas pela queda. Esse procedimento ajuda a reduzir a inflamação e a reativar os folículos capilares.

 

Terapia com laser

Esse é um tratamento que usa um aparelho que emite luz vermelha sobre o couro cabeludo, estimulando o metabolismo celular e aumentando o fluxo sanguíneo na região. Isso pode favorecer o crescimento dos fios e reduzir a queda.

 

Microagulhamento 

Esse é um tratamento que usa um aparelho chamado dermaroller, que tem pequenas agulhas que fazem microperfurações no couro cabeludo.

Essas perfurações induzem um processo de cicatrização e estimulam a produção de colágeno e elastina na pele. Isso pode melhorar a qualidade dos fios e aumentar a absorção de produtos tópicos.

 

Mesoterapia capilar 

Esse é um tratamento que consiste em aplicar injeções de substâncias nutritivas ou medicamentosas no couro cabeludo. Essas substâncias podem variar conforme o objetivo do tratamento, mas geralmente incluem vitaminas, minerais, aminoácidos e antioxidantes. 

Elas têm como função nutrir os folículos capilares, combater a inflamação e estimular o crescimento dos fios.

As soluções definitivas para a queda de cabelo podem incluir 

  • Implante capilar: esse é um procedimento cirúrgico que consiste em retirar fios de cabelo de uma área doadora, geralmente a nuca ou as laterais da cabeça, e implantá-los em uma área receptora, onde há falhas ou calvície. Esse procedimento pode ser feito por diferentes técnicas, como a FUT (transplante de unidades foliculares) ou a FUE (extração de unidades foliculares). 
  • Prótese capilar: essa é uma solução não cirúrgica que consiste em usar uma peça que imita o cabelo natural, feita de fios sintéticos ou humanos, que é fixada no couro cabeludo por meio de adesivos, grampos ou cola. Essa peça pode ser personalizada conforme o gosto e a necessidade do cliente. 
  • Micropigmentação capilar: essa é uma técnica que usa um aparelho semelhante a uma tatuagem para depositar pigmentos na pele do couro cabeludo, criando a ilusão de fios de cabelo. 

 

A queda de cabelo é um problema que pode ter diversas causas e soluções. O mais importante é procurar ajuda profissional para identificar o seu tipo de queda e o tratamento mais adequado para o seu caso. 

Além disso, é essencial ter hábitos saudáveis que possam prevenir e amenizar a queda de cabelo, como cuidar da alimentação, da hidratação, do sono, do estresse e, é claro, dos cabelos. Para isso, o Slow Beauty oferece inúmeros produtos que trabalham a saúde dos fios.

Desde kits antiqueda, como o produto Ritual Antiqueda Cabelos Oleosos de Laces, tratamentos para cabelos ressecados, até rituais de multivitaminas, que ajudam na saúde dos fios e muito mais. Assim, você poderá ter cabelos mais fortes, bonitos e saudáveis.

Ritual Tratamento Antiqueda para Cabelos Oleosos Laces.
Ritual Tratamento Antiqueda para Cabelos Oleosos Laces.

Para saber mais sobre cuidados com o cabelo, além de conhecer produtos que possam te ajudar com cabelos caindo, acesse o site da Slow Beauty e fique por dentro dos conteúdos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *